Produtos

Azeite convencional, Virgem Extra de “alta qualidade”.
O segredo para se chegar a este patamar de “alta qualidade” é estar muito atento a toda a fileira do olival e transformação, desde a produção, colheita e laboração.
Na colheita, a azeitona sã proveniente do ar, é colhida por acção mecânica. Os frutos caem sobre lonas próprias para evitar o contacto com o solo minimizando a sua degradação. Durante o processo de colheita, a azeitona é devidamente acondicionada e ao fim do dia é encaminhada para o Lagar de Mascarenhas, onde se realiza todo o processo de laboração de uma forma criteriosa.
A primeira fase deste processo, vulgarmente designado por recepção, inicia-se com a descarga da azeitona, limpeza de folhas, lavagem, pesagem e armazenamento em tegões individuais. Segue-se a trituração da azeitona, obtendo-se uma massa homogénea que é batida a baixas temperaturas, passando pelo encapachamento (colocação da massa em capachos que funcionam como filtros), seguida de uma extracção a frio por pressão mecânica , escorrendo o azeite para tarefas onde se faz decantação e por fim uma centrifugação a baixas temperaturas, resultando o tão apreciado “Quintão”.
Dada as suas características químicas mas sobretudo organoléticas únicas da região, que apela por um lado, aos seus aromas onde se destaca o aroma frutado, que confere um gosto com um toque a verde folha, mas também ligeiro amargo, que fica na garganta, persistente, picante e muito apreciado pelo consumidor. Por outro lado tais aromas remontam às origens e às melhores tradições transmontanas conferidas pelo terreno, exposição, clima, variedade de oliveiras e pelo preciosismo com que é tratada a matéria-prima que tem como características todas as variedades tradicionais do Nordeste Transmontano .

Ficha Técnica »

Tipo de Azeite: Azeite Virgem Extra em modo de produção Biológica
Variedades de Azeitona: Madural, Cobrançosa, Verdeal
Área do Olival: 98 ha
Altitude: 350 – 570 m
Área de produção: Trás os Montes- Concelho de Mirandela ” Terra Quente”
Apanha: De 1 Novembro a 15 de Dezembro
Processo de Extracção: Extracção com pressão a frio num lagar de prensas tradicional melhorado.
Acidez Máxima: 0.3%
Índice de Peróxidos: ≤ 15
ESPECIFICAÇÕES DE EMBALAMENTO:
Garrafa: 1 l.
Código de barras garrafa: 5608393200011
Grfs / Caixa: 12
Grfs / Palete: 864
Cxs / Palete: 72
Peso da. Caixa: 16,16 ± 0,3 Kg
Dimensões da caixa: 29 x 22,5 x 30 cm

Ficha Técnica »

Tipo de Azeite: Azeite Virgem Extra em modo de produção Biológica
Variedades de Azeitona: Madural, Cobrançosa, Verdeal
Área do Olival: 98 ha
Altitude: 350 – 570 m
Área de produção: Trás os Montes- Concelho de Mirandela ” Terra Quente”
Apanha: De 1 Novembro a 15 de Dezembro
Processo de Extracção: Extracção com pressão a frio num lagar de prensas tradicional melhorado.
Acidez Máxima: 0.3%
Índice de Peróxidos: ≤ 15
ESPECIFICAÇÕES DE EMBALAMENTO:
Garrafa: 250 ml.
Código de barras garrafa: 5608393200028
Grfs / Caixa: 12
Grfs / Palete: 864
Cxs / Palete: 108
Peso da. Caixa:
Dimensões da caixa: 42 x 20 x 25 cm

Ficha Técnica »

Tipo de Azeite: Azeite Virgem Extra em modo de produção Biológica
Variedades de Azeitona: Madural, Cobrançosa, Verdeal
Área do Olival: 98 ha
Altitude: 350 – 570 m
Área de produção: Trás os Montes- Concelho de Mirandela ” Terra Quente”
Apanha: De 1 Novembro a 15 de Dezembro
Processo de Extracção: Extracção com pressão a frio num lagar de prensas tradicional melhorado.
Acidez Máxima: 0.3%
Índice de Peróxidos: ≤ 15
ESPECIFICAÇÕES DE EMBALAMENTO:
Garrafa: 250 ml.
Código de barras garrafa: 5608393200011
Grfs / Caixa: 12
Grfs / Palete: 864
Cxs / Palete: 72
Peso da. Caixa: 16,16 ± 0,3 Kg
Dimensões da caixa: 29 x 22,5 x 30 cm
Também embalamos em 5 litros plástico, 5 litros vidro e 250 ml.
250 ml